O blog Viveram felizes para sempre promoveu no Wattpad – uma rede social mundial para escritores e leitores – o Concurso Vênus. Nosso objetivo foi escolher os melhores casais da plataforma, independente do gênero. Teve fantasia, mistério, ficção cientifica e até anjo com demônio. Achamos justa toda forma de amor!

A resenha será do livro Dezenove, da autora Sabrina Carvalho, vencedora da categoria Empoderadas (para as mulheres que tomam conta do relacionamento e brilham).

Bem, o livro foi campeão da categoria Empoderadas. E digo o porquê: simplesmente porque a personagem principal é uma jovem menina que precisou se empoderar. E o fez, talvez, até sem perceber! Diferente da maioria de nós, mulheres, nossa protagonista não buscou ser mais forte, mudar conceitos, agir por convicção. O trajeto que sua vida foi tendo a obrigou a, naturalmente, se tornar forte desde sempre, independente, assertiva e dona de suas próprias escolhas.

É claro que você deve estar aí curiosa pra saber mais sobre a história, né? Então vamos lá!

Dezenove é uma ficção científica que se passa em 2.032 – aliás, aí está uma super sacada da autora, pois foge completamente do comum. De todos livros selecionados, esse foi o único do gênero.

Tudo se passa no futuro e gira em torno de um projeto de poder, idealizado por um grupo de pessoas que deseja ter o controle da humanidade. Esse grupo extermina cerca de 90% da população mundial, por consequência, todas as nações e finalmente alcança o grande objetivo.

Mas eles não contavam que Alice, nossa personagem principal, também chamada durante a história de Dezenove e Dan, fosse sobreviver a tudo isso e ter uma força maior do que eles previam e muito menos um aliado como Tiago, o par fofo e corajoso dela.

A história mostra claramente o quanto o poder pode destruir pessoas, ser pano de fundo para traições, mas também motivo suficiente para que alguém lute. Lute pela vida, pelo amor e pela coletividade.

Dezenove envolve aventura, ciência, drama e um romance de leve. Embora estejamos falando de uma jovem firme, decidida, não temos aqui traços de feminismo ou contra-machismo. Trata-se apenas de uma história de atitude! É uma leitura leve e rápida, muito prazerosa e interessante.

Você pode estar se perguntando: e o romance? Bem, o romance existiu de uma forma tão terna, tão sutil…. existiu nos pequenos gestos de Tiago, na coragem dele enfrentar a todos para protegê-la… Existiu quando Alice descobriu o que é não ser mais sozinha, quando ela percebeu a beleza de Tiago, tanto a física quanto a existencial. Existiu em um único e rápido beijo entre os dois.

Aaaah! Só um beijo?

Calma, gente! Quem sabe o romance desenrola na sequência!? A história é tão boa que a autora já fez o segundo título da série, chamado Último Sangue (o título está diretamente ligado ao desfecho do primeiro livro).

Bora lá conferir o segundo volume e saber se tem beijo, se tem reviravolta, sem tem um grande “felizes para sempre…”.

Vem ler:

.: Dezenove 

Trilha sonora para embalar a leitura

Meu Deus, nenhuma outra letra se encaixaria tão bem como esse refrão lindo que amo!

Sutilmente (Skank)

E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
E quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
E quando eu estiver bobo
Sutilmente disfarce yeah
Mas quando eu estiver morto
Suplico que não me mate, não
Dentro de ti, dentro de ti

E se virasse filme

Olha o casal fofo aí, gente!

NOTA: 4,5

* Notas de 1 a 5.