Se você já assistiu o filme Casa comigo? irá encontrar várias semelhanças com esse livro: o bar irlandês, o nome dos personagens principais, a aparência deles, o fato de Ryan não se abrir muito para o amor e Maggie ter uma personalidade forte, enfim. Contudo, apesar de vários detalhes parecidos as semelhanças param por aí. O enredo é completamente diferente.

Ryan viveu parte da infância e adolescência em orfanatos. Sofreu o trauma de ser abandonado pelos pais e, pior ainda, foi separado de seus irmãos. Isso faz com que ele carregue as cicatrizes dessa dor e com isso não se envolve muito com as pessoas, principalmente mulheres. Até encontrar Maggie, que por um imprevisto acaba entrando em seu bar e pedindo ajuda. Ela é uma mulher impetuosa e destemida e mesmo com a resistência de Ryan invade sua vida e a preenche.

Inicialmente por conta das semelhanças com o filme eu esperava outra coisa desse livro, mas depois de lido e tirando meus preconceitos de lado percebi que a história é muito bem escrita e tem personagens cativantes, como a família de Maggie, com a qual logo me identifiquei, o padre que ajuda Ryan e é claro os dois personagens principais.

Eles são muito fofos e engraçadinhos e aos poucos vemos os traumas de Ryan se desfazendo à medida que Maggie o ajuda. O livro é interessante e profundo. Fala de uma maneira delicada sobre o amor e nos faz torcer muito pelo casal!

– Não esperarei para me casar – corrigiu ela.

– Está me pedindo para casar com você agora?

– Na verdade, insisto que o faça. Quanto mais cedo, melhor.

Ryan sorriu, mas ela percebeu que não estava se opondo.

– É uma mulher insistente, certo? – provocou

– Quando tenho de ser – confirmou ela, com evidente orgulho.

Ryan a puxou de volta para seus braços

– Tem certeza que está disposta a me aceitar sem saber tudo o que há para saber sobre mim?

– Sei o mais importante.

Trilha sonora para embalar a leitura:

No lies (Jason Reeves e Colbie Caillat)

♫  I understand you never had someone to follow
I know you always said you’d find it your own way
You keep your feelings safe like letters in a bottle
Hoping that they’d wash up on my shore someday

Don’t make me wait
I see something hiding inside you
Secrets you are dying to say
I know you’re afraid
But if you want me never to leave you
Tell me no lies, no lies, no lies
Just tell me no lies ♫

E se virasse filme…

Como eu disse, o livro tem muitas semelhanças com o filme Casa comigo então foi impossível ler e não imaginar os mesmos atores:

 

Nota: 3,5