Eu confesso que quero ser como a Colleen Hoover quando crescer. 😍

Sério! Como essa mulher pode ser tão maravilhosa? Cada livro dela que eu leio fico mais apaixonada por sua escrita criativa, dramática e envolvente.

Aqui, somos apresentados a misteriosa Auburn Reed que está à procura de emprego em Dallas mesmo odiando a cidade. Quando encontra uma oportunidade no estúdio de Owen Gentry, nem imagina como sua vida dará um giro de 360 graus.

O artista enigmático pinta lindos quadros inspirados em confissões anônimas deixadas debaixo de sua porta.

Admirada por seu talento e personalidade, nossa protagonista vai voltar a sentir algo que jamais imaginou novamente e se entrega a uma quente paixão. O problema é que o passado de Owen chega com tudo e ameaça destruir o que Auburn tem de mais precioso na vida.

Seria a verdade tão subjetiva como a arte? Só lendo para descobrir! Tenho que dizer que fiquei de queixo caído com as reviravoltas da obra. O final então…

– Eu amarei você para sempre. Mesmo não podendo.
– E eu amarei você para sempre. Mesmo não devendo.

Ahhh… Alerta curiosidade! As confissões usadas são reais e coletadas pela autora em uma campanha pela internet. Temos ainda quadros exclusivos disponibilizados no fim do livro. Ela arrasa, não arrasa? Minha inspiração!

Trilha sonora pra embalar a leitura

Unconditionally (Katy Perry)

♫ Oh no, did I get too close?
Oh, did I almost see what’s really on the inside?
All your insecurities
All the dirty laundry
Never made me blink one time ♫

E se virasse filme

Filme não virou, mas a notícia boa é que temos uma série sobre o livro! Somente em inglês no momento.

NOTA: 5