Outlander é uma coleção de livros intrigante e maravilhosa. Comecei a assistir a série no Netflix que é uma reprodução dos livros e me apaixonei pela história. Em menos de 3 meses li os 13 livros da série.

A obra conta a história de Claire e Jamie em meio ao mundo cheio de caos e guerra. São livros cheios de aventura, guerra, emoção e claro MUITO romance. Diana Gabaldon é muito detalhista em sua narrativa e sempre tem um espaço para outros personagens aparecerem, você acaba se envolvendo em todas as histórias, que no final das contas estão sempre ligadas ao casal protagonista.

Jamie e Claire são meu casal preferido da literatura, o Jamie é simplesmente MARAVILHOSO, em todos os sentidos kkk. E o melhor de tudo que Outlander virou série, a primeira temporada já está no Netflix, a segunda você encontra online. A terceira estreia esse ano e já foi renovada para quarta, ou seja, ainda temos muitos anos de Jamie e Claire pela frente ❤

Mas já vou avisando, tem que realmente gostar de ler pra mergulhar nessa aventura, porque cada livro tem no mínimo 500 páginas, o último tem mais de 800. Então, tenha consciência antes de começar, porque com certeza depois você não consegue mais parar.

Livro 1 – A viajante do tempo
A história começa em 1945 onde Clarie, que é uma enfermeira inglesa casada com Frank Randall, decide tirar uma segunda lua de mel após anos separados por conta da Segunda Guerra. Eles seguem para Inverness, nas Terras Altas do norte da Escócia, onde Claire se depara com um misterioso círculo de pedras em uma colina chamada Craigh na Dun. E é aí que tudo vira de cabeça para baixo. Ao tocar uma das pedras Clarie atravessa e acorda 200 anos no passado. Totalmente perdida e procurando uma explicação lógica para o fato de estar na Escócia de 1743, ela é encontrada por um grupo de homens escoceses que a levam como refém. Tentando se adaptar a nova realidade, Clarie vai aprendendo a lidar com a época, os costumes e a língua completamente diferente da sua. Além do fato de ser uma inglesa, num lugar onde isso não é bem visto. Em grande parte do livro ela busca uma forma de voltar pra casa, mas quando surgem imprevistos e reviravoltas do destino, ela acaba se casando com James Fraiser para proteger sua vida. A partir dai, ela precisa decidir se enfrenta todos os obstáculos ao lado de Jamie ou encontra seu caminho de volta para Frank.

Você tem meu nome, meu Clã, minha família e se necessário, a proteção do meu corpo. (Jamie)

Cena da primeira vez de Jaime e Claire
Cena da primeira vez de Jamie e Claire

Livro 2 – A libélula no âmbar
Quando você começa o segundo livro leva um choque ao perceber que Claire, agora em seus quarenta e tantos anos, voltou para o seu tempo de origem, em meados do século XX. E ainda mais chocante é o fato dela estar acompanhada de sua filha, Brianna de 20 anos, que foi criada por ela e por Frank nos Estados Unidos. Após a morte de Frank, Claire volta à Escócia com Brianna para, finalmente, revelar os segredos de seu passado. É através de um flashback que o livro volta a 1745, quando Claire e James Fraser estão exilados na França fugindo da Escócia. Eles participaram de várias tramoias para mudar o futuro e a Escócia pudesse sair vencedora da guerra. Em meios aos flashbacks Claire conta a Brianna, sobre seu pai, Jamie, e o por que dela ter atravessado as pedras de volta.

Eu vou encontrar você. — ele sussurrou em meu ouvido. — Eu prometo. Mesmo que eu tenha de suportar duzentos anos de purgatório, duzentos anos sem você — então essa é a minha punição, que eu mereci por meus crimes. Porque eu menti, matei, roubei; trai e quebrei confiança. Mas tem uma coisa que deverá estar na balança. Quando eu estiver na frente de Deus, eu terei uma coisa para dizer, para pegar contra todo o resto. — sua voz caiu. — Deus, você me deu uma mulher rara, e Deus! Eu a amei da maneira certa. (Jamie)

Grande parte da segunda temporada da série é na França
Grande parte da segunda temporada da série é na França

Livro 3 – O resgate no mar (parte 1 e parte 2)
Após os acontecimentos em A libélula no âmbar, em que Claire e Brianna descobrem fatos históricos que as levam a acreditar que Jamie sobreviveu ao massacre em Culloden, eles começam a pesquisar o paradeiro de Jamie após a guerra. Em meio as pesquisas, o livro vai mostrando como foi a vida de Claire e Jamie nos 20 anos em que estiveram separados. Somente Diana Gabaldon poderia ter feito um paralelo entre as duas histórias de forma tão incrível, ficou muito claro a dor de ambos pela ausência, o quanto a separação teve marcas profundas na forma de agir e modo de viver de cada um. Claire decide deixar sua filha e voltar ao passado, assim ela e Jamie finalmente conseguem se reencontrar. Mas mesmo com a paixão ainda evidente em ambos, eles precisam de um tempo para se reconectar. Muitas coisas acontecem enquanto descobrem como foi a vida de cada enquanto separados, e eles precisam lutar mais do que nunca para que os eventos desses 20 anos não os separem mais uma vez.

Durante tantos anos, por tanto tempo, eu fui tantas coisas, tantos homens diferentes. Fui tio para os filhos de Jenny e irmão para ela e Ian. “Milorde” para Fergus e “Senhor” para meus colonos. “Mac Dubh” para os homens de Ardsmuir e “MacKenzie” para os outros empregados em Helwater. Depois, “Malcolm, o mestre-impressor” e “Jamie Roy” nas docas. Mas aqui, aqui no escuro, com você… Eu não tenho nenhum nome. (Jamie)

A terceira temporada da série já está sendo gravada
A terceira temporada da série já está sendo gravada

Livro 4 – Os tambores de outono ( parte 1 e parte 2)
O quarto livro começa de forma diferente, longe das Highlands. Jamie e Claire se veem obrigados a começar uma vida nova do zero, acompanhados do sobrinho Ian Murray (que é um fofo e tem vários capítulos a partir daqui exclusivamente pra ele). Não foi muito difícil para Jamie começar a se tornar alguém com certa influência por ser sobrinho de Jocasta Cameron, mulher muito influente nas colônias e principalmente seu passado como guerreiro highlander. Enquanto isso no futuro, a filha do casal, Brianna, está dividida entre a saudade da mãe e o que começa a sentir em relação a Roger Mackenzie, descendente do clã Mackenzie. No entanto, a descoberta de uma informação do passado sobre seus pais faz com que Brianna viaje através do Círculo de Pedras para tentar salvar a vida de seus pais. Apaixonado por Brianna, Roger decide segui-la. O momento mais aguardado do livro é o encontro de Jamie e Brianna. O encontro aconteceu da forma mais engraçada, linda e inusitada. A partir dai eles passam a viver todas as aventuras, tensões e medos como uma família. Importante ressaltar que o amor entre Roger e Brianna se fortalece muito a partir daqui.

Teu rosto é o meu coração Sassenach. O teu amor é minha alma. (Jamie)

Livro 5 – A cruz de fogo (parte 1 e parte 2)
O livro narra a vida da família Fraser na Carolina do Norte, enquanto a Revolução America é iniciada e a guerra decretada. Além do amor mais fofo entre Claire e Jamie, temos as histórias de Brianna e Roger e o pequeno Jemmy filhinho deles, que é uma cópia do vovô Jamie. Jamie é convocado pelo governador para liderar uma milícia contra os Reguladores, e é a partir daí que a trama começa; pois Jamie já sabe que os Reguladores vencerão, pois Claire, Brianna e Roger confirmaram a história. Nesse momento, Jamie começa a se preparar para a batalha e as consequências da mesma. A cruz de fogo dá o ponta pé inicial às guerras, traições e surpresas. Além de fatos que trarão consequências futuras e novas perguntas que exigem respostas.

Quando realmente chegar o dia em que tenhamos que nos separar… se minhas últimas palavras não forem “Eu a amo”, você vai saber que foi porque eu não tive tempo. (Jamie)

Livro 6 – Um sopro de neve e cinzas (parte 1 e parte 2)
O sexto livro é bastante voltado para guerra, com o começo da Revolução America e Jamie tendo que decidir se continua a lutar com a milícia, ou se alia aos Reguladores que ele já sabe que vencerão a guerra. De todos os livros, nesse é o que você mais se pergunta se saber o futuro é uma benção ou maldição, você se envolve tanto no conflito interno de Jamie entre seguir seu coração ou fatos que fica morrendo de dó dele. E em meio a tudo isso, ainda tem o surgimento de novos personagens, novas histórias, novos e antigos amores. Mas um dos pontos mais fortes acontece quando Claire é sequestrada e brutalmente violentada, a forma como tudo é detalhado é tão incrível que você sente a dor da personagem. E o que acontece depois nos mostra a grandeza de Claire, sua coragem e determinação em não ser destruída pelo que aconteceu. Além de ter que lidar com tudo isso, Claire também tem que lidar com a ausência de Brianna, que é obrigada a atravessar as pedras com sua família e volta para o futuro.

Já não sou tão corajoso quanto eu era antes, sabe? — ele disse, muito brandamente. — Não o suficiente para viver sem você outra vez. (Jamie)

Livro 7 – Ecos do futuro (parte 1 e parte 2)
A maioria dos livros da série são narrados quase inteiramente por Claire, mas neste não. Você consegue ver pontos de vista de vários personagens diferentes. As viradas e reviravoltas que acontecem em Ecos do futuro são surpreendentes. Jamie e Claire decidem voltar para Lallybroch na Escócia, juntamente com Ian. Mas como nada é simples para esses dois, o caminho até a Escócia é cheio de acidentes e turbulências. Enquanto isso, no futuro Brianna, Roger e os filhos tentam se readaptar a vida no século XX. Única parte ruim é que o livro não dá muita ênfase no casal protagonista, é bem dividido entre todos os personagens.

A porta abriu-se e Jamie entrou, fechando-a atrás de si. Ele me viu, ficou paralisado por um instante, e logo eu estava em seus braços, seu tamanho e calor devastadores apagando instantaneamente tudo o mais ao meu redor. (Claire)

Livro 8 – Escrito com o sangue do meu próprio coração
De todos da série, é um dos meus preferidos. Gostei bastante, por ter várias partes narradas pelo Jamie, que é o personagem mais fofo e maravilhoso de todos os tempos. De todos, esse foi o único que me fez chorar. As reviravoltas que acontecem nesse livro são impressionantes, Diana escreve de tal forma que vai te dando uma agonia de que as coisas não vão se resolver. Na minha opinião, é o livro que melhor demonstra a intensidade e a força do amor dos protagonistas. Especialmente de Jamie, que ao se ver numa situação onde a possibilidade de perder Claire para sempre é mais real do que nunca, se desespera de tal forma que não tem como não se apaixonar por ele. Aos poucos as tramoias, guerras e intrigas vão se resolvendo e o que resta é o amor incondicional que um sente pelo outro.

Eu amei outras pessoas, e eu a amo muito Sassenach, mas só você tem todo o meu coração, todo em suas mãos – disse baixinho – E você sabe disso.” Jamie

PS.: OS livros narram com perfeição as guerras da Escócia e dos Estados Unidos, com detalhes baseados na história real, além de contar histórias de outros personagens também. No entanto, foquei o resumo na Claire e no Jamie, porque é a parte que mais gosto de Outlander.

Trilha sonora para embalar a leitura

Me espera (Sandy)

♫ Tenta me reconhecer no temporal
Me espera
Tenta não se acostumar
Eu volto já
Me espera ♫

NOTA: 5

nota

* Notas de 1 a 5.