Eu gostei da sinopse desse livro e comprei sem pensar muito na livraria, mesmo nunca tendo lido nada da autora Elle Kennedy. Apesar de clichê, ADORO histórias da mocinha tímida com problema interessada no playboy também cheio de mistério que, aparentemente, nunca daria bola para ela haha

Nessa obra, conhecemos a estudante humilde de música Hannah que passou por maus bocados na adolescência e saiu do interior para esquecer os problemas na faculdade. Ela não é uma pessoa vitimizada, leva a vida numa boa (até demais para o meu gosto rs). Se dá super bem com os pais e está em busca de uma bolsa para conseguir se manter longe de casa. Para isso, se prepara com dois colegas de classe para um grande festival que vai acontecer na universidade.

E a lição mais importante que aprendi é que não sou uma vitima, mas uma sobrevivente.(Hannah)

Do outro lado, temos o garanhão convencido Garrett, estrela do time de hóquei que não suporta viver nas sombras do pai que já foi um grande jogador. Seu único objetivo é provar que é capaz sozinho. Bem de vida, vive com seus amigos em uma grande casa perto do campus, sempre muito visitada pelas mais belas garotas.

Quando pode ser afastado do time por causa de notas baixas na disciplina de Filosofia e Ética, vê em Hannah (a única aluna que tirou nota máxima na matéria) a salvação do seu sonho. O problema é que ela não está nem um pouco interessada em ajudar o garoto que nunca, se quer, olhou para o lado dela.

Hannah é uma jovem inteligente e muito bonita, é extrovertida mas também tem seu lado tímido. Não gosta de chamar atenção, então, sempre fica quieta no seu canto. Está super a fim de um novo aluno que é jogador de futebol americano, mas acha que ele nunca se interessaria por ela. Depois de falhar em tentar seduzi-la, Garrett descobre essa atração e propõe um acordo com a garota. Vai fazer ele ficar de quatro por ela se conseguir recuperar sua nota e voltar para o time de hóquei. Assim, eles começam a passar bastante tempo juntos e surge uma linda amizade. O problema é que o tiro sai pela culatra e quem fica de quatro por Hannah é o próprio Garrett.

Às vezes, as pessoas entram na sua vida e, de repente, você não sabe como foi capaz de viver sem elas antes. E já não consegue entender como vivia a vida, saía com os amigos, dormia com outras pessoas sem ter essa pessoa importante na sua vida.(Garrett)

É uma leitura bem rápida, gostosa e divertida (bem divertida, ri alto em vários momentos). Mas, totalmente clichê e com pouco aprofundamento dos personagens. Sem contar que no clímax deixou muito a desejar. Mas mesmo assim, no geral, vale a pena.

O livro é narrado pelos dois em primeira pessoa, cada capítulo na visão de um. Adorei essa escolha pois, como já disse várias vezes, não tem nada melhor para mim do que conhecer a visão masculina na narrativa. Outro ponto positivo é que explora o lado musical.

O livro faz parte da série Amores improváveis, mas por enquanto não li a sequência.

#1 – O acordo conta a história de Garrett
#2 – O erro conta a história de Logam, amigo de Garrett que também se apaixonou pela Hannah
#3 – The Score, ainda sem título no Brasil, conta a história de Dean, o amigo galenteador e levemente canalha de Logan e Garrett
#4 – The Goal, que terá como personagem principal o discreto Tucker, também amigo de Garrett

Trilha sonora para embalar a leitura

You’re My Favorite Song (Camp Rock)

♫ I’m looking for some harmony
With you it comes so naturally
You helped me find the right key ♫

E se virasse filme

Adoraria esses personagens se houvesse um filme da história.

e-se-virasse-filme


NOTA: 4

nota