A história desses dois não me despertou tanto interesse no início. Principalmente porque o livro é narrado, ora em primeira pessoa, com a visão da Bonnie, ora em terceira pessoa, com a visão de Finn. Eu normalmente prefiro livros que são narrados em primeira pessoa só. Porém, depois de um tempo de leitura, acho que acabei percebendo o motivo pelo qual a autora resolveu fazer assim.

Bonnie é uma cantora country famosa, mas que por conta de ter sofrido uma grande perda e por ter que viver a loucura que é a vida de cantora, principalmente com sua avó/empresária controlando tudo, ela vive uma depressão profunda e encontra Finn no momento mais extremo de sua vida.

Finn é ex-presidiário e está prestes a se mudar para Las Vegas, para tentar uma nova vida, com a oportunidade de um novo emprego. A vida dele muda de cabeça pra baixo depois que se encontra com Bonnie e salva ela de si mesma.

É engraçado que, eles são muito diferentes! Finn é introspectivo e tem uma paixão interessante por números, tem a habilidade de memorizar muitas coisas sobre eles e é muito inteligente. Já a Bonnie é impulsiva, tem um coração bom, tem a música dentro de si e é aquele tipo de pessoa que preenche o lugar onde está, não dá pra ignorar sua presença.

Acho que principalmente pra mostrar essa diferença discrepante entre eles, a autora resolveu fazer os capítulos desse jeito meio diferente (essa é uma teoria minha, não sei se foi esse o motivo).

Maaaas, depois de se tornarem quase dois fugitivos pelo país, eles acabam se conhecendo melhor e descobrindo que eles têm mais coisas em comum do que imaginam.

Talvez porque eu fui criada nos Apalaches, criada na fé, na pobreza e com pouco além disso, mas eu acreditava em coisas como sorte e destino. Acreditava em anjos, e acreditava na capacidade de Deus para dirigir nossos caminhos, nos guiar e nos mover de maneiras invisíveis, e acreditava em milagres. De repente, Finn Clyde pareceu um milagre, e eu tinha certeza de que Minnie o havia enviado para mim. (Bonnie)

Esse livro é lindo!! Acho que a maneira como as coisas se encaixam e como os dois se encontram como se fosse destino ou plano de Deus, algo assim deixa a história encantadora de fofa ❤ ! Além disso mostra que às vezes, independente da situação em que estejamos, podemos ser anjos na vida de alguém, se pararmos pra fazer algo de bom.

Trilha sonora para embalar a leitura

Infinity (One Direction)

♫ And now I’m one step closer to being

Two steps far from you

When everybody wants you ♫

E se virasse filme

Acho que esses atores seriam ótimos para um filme desse livro.

e-se-virasse-filme

NOTA: 4,5

nota-2