Quando comecei ler A primeira chance não sabia que ele fazia parte de uma série de livros de Abbi Glines denominada Rosemary Beach. São 14 narrativas separadas por casais que moram nessa cidade. Descobri isso depois que terminei a leitura e quase tive um infarto com o final totalmente triste que tinha. Imaginei que seria impossível acabar daquele jeito. Para a minha alegria, tinha continuação ❤

Livros da série Rosemary Beach

• Blaire + Rush – Paixão sem limites, Tentação sem limites, Amor sem limites e Rush sem limites (primeiro livro na versão masculina)
• Della + Woods – Estranha perfeição e Simples perfeição
• Harlow + Grant – A primeira chance e Mais uma chance
• Bethy + Tripp – Para sempre minha
• Emily + Kiro – Kiro e Emily
• Reese + Mase – À sua espera e When you’re back (sem versão em Português ainda)
• Rose + River – The best goodbye (sem versão em Português ainda)
• Nan + Major + Gannon – Up in flames (sem versão em Português ainda)

Grant é um playboy lindo e sedutor que tem todas as mulheres aos seus pés. Apesar de durão, ele esconde um coração carente de atenção e amor (coisa que não recebeu de sua família). Ele se envolve com Nan, a irmã ruiva atraente de Harlow, e se mete em uma enorme confusão. Ela é má e cheia de problemas, o usa como objeto de desejo. Grant pensa que gosta dela, mas depois descobre que apenas gostava de se sentir necessário para alguém. Ela sempre precisava dele para sair das confusões que entrava. Então, os dois passam a ter uma relação apenas de sexo.

Você se tornou minha para sempre antes mesmo de eu me dar conta . Obrigado por ter sido corajosa. Mais corajosa do que qualquer pessoa que eu conheço. Obrigado por me mostrar que, quando queremos muito alguma coisa, vale a pena correr todos os riscos para se ter ao menos uma prova .(Grant)

Harlow é uma jovem bonita e tímida, que passou sua vida escondida para ocultar um segredo. Ela é a filha preferida de Kiro, astro do rock, porque foi fruto do grande amor de sua vida, Emily. O pai é um garanhão e teve outros filhos, como Nan (que odeia Harlow por ser a filha preferida) e Mase (um fofo de lindo).

É meio que nesse trio Nan + Grant + Harlow que a história começa. O playboy se apaixona pela gentil Harlow, mas demora para descobrir isso. Os dois se envolvem, entretanto, o passado de Grant sempre aparece para atrapalhar o casal (leia-se Nan). No final do primeiro livro, é o segredo de Harlow que estraga o relacionamento.

No primeiro dia em que o vi, meus joelhos fraquejaram e senti o estômago embrulhar. Como se houvesse nele borboletas batendo asas. Ele era lindo. Eu nunca havia achado um homem lindo antes, mas Grant Carter era lindo. Jamais imaginei que ele fosse me notar. Eu era quieta e introvertida. Não fazia amigos com facilidade e não confiava em outras pessoas. (Harlow)

No começo não gostei muito da história, estava achando que os fatos estavam meio perdidos e que tudo acontecia muito rápido. Agora sei que é porque não estava lendo a série na ordem, esses personagens já apareciam nas anteriores. Entretanto, algumas coisas ainda não se encaixam. Por que diabos uma mulher adulta teria que ficar com a meia-irmã que odeia enquanto o pai está em turnê? Ele era astro do rock, sempre estava em viagem. Não era motivo para Harlow ir parar em Rosemary Beach. E o medo de Grant em se envolver era estranho, porque no começo ele admite que queria se envolver com Nan (fiquei com raiva dele nessa parte rs).

Grant no primeiro livro não convence muito, ele é meio confuso e a história conturbada dele com Nan me deixou um pouco com raiva do personagem e suas escolhas erradas. Harlow, por sua vez, é muito fofa e eu a adoro desde o começo. Passou por muita coisa na vida e, mesmo assim, é sempre gentil e atenciosa com todos.

O segundo livro é bem melhor que o primeiro (nossa, muito mesmo, é o que vale a pena a leitura). Grant arrependido me lembrou muito meu amado Ethan (Meu Romeu e Minha Julieta), fazendo de tudo para provar que merece o amor da mocinha. Harlow, apesar das inseguranças que ainda tem sobre si, se mostra uma mulher muito forte e decidida, provando que realmente é uma lutadora.

O problema é que agora vou ficar pobre, porque quero muito ler a história de Blaire e Rush (melhores amigos de Grant) e Emily e Kiro (pais da Harlow). Também estou muito curiosa para saber melhor sobre a Nan, que o abençoado livro ainda não chegou no Brasil.

Por fim, é uma boa leitura (terminei os dois livros em uma noite/madrugada – são poucas páginas), mas quem curte narrativas mais profundas e com personagens densos não vai encontrar isso. Faz mais o tipo de quem gosta de romances curtos e apaixonantes.

Trilha sonora para embalar a leitura

Just the way you are (Bruno Mars)

♫ She’s so beautiful
And I tell her every day
Yeah I know, I know
When I compliment her
She won’t believe me
And it’s so, it’s so
Sad to think that she don’t see what I see
But every time she asks me do I look okay
I say
When I see your face
There’s not a thing that I would change
‘Cause you’re amazing
Just the way you are
And when you smile
The whole world stops and stares for a while
‘Cause girl you’re amazing
Just the way you are ♫

E se virasse filme

Se a história de Harlow e Grant virasse filme, ia adorar esses personagens.

e-se-virasse-filme

NOTA: 4

nota

* Notas de 1 a 5.