Aii aii… pensa em uma história que arranca suspiros. Com certeza esses dois romances de Leisa Rayven têm esse poder. A autora começou com o pé direito, já que foram eles que a lançaram nesse mundo fantástico das palavras. Os livros contam a história de Cassie Taylor e Ethan Holt, que se conheceram durante a faculdade, viveram um grande amor conturbado e se encontram anos depois para tentar consertar corações quebrados. Já alerto que é uma obra new adult e, tenho que dizer, a mais cheia de detalhes que já li haha Mas tem muito romance também, e essa com certeza é a melhor parte.

Mais uma chance é tudo que preciso para provar o quanto posso ser diferente, Cassie. Por favor. Sei que segundas chances já são difíceis de conseguir, e aqui estou eu, pedindo uma terceira, mas … porra, eu preciso de você. E apesar de tudo, você precisa de mim também. Apenas diga sim. Por favor. (Ethan)

Cassie é uma jovem [virgem] do interior que vai em busca do seu sonho de ser atriz em uma das melhores faculdades do país. Ela conhece Ethan no dia dos testes para conseguir uma vaga e de cara se interessa por ele. Entretanto, não é amor à primeira vista (não gosto quando isso acontece), o sentimento vai crescendo aos poucos. Cassie é insegura e não sabe ser ela mesma na frente dos outros. Interpreta papéis para se adequar ao que as pessoas esperam dela. Mas surpreendentemente, é sempre autêntica quando está perto de Holt. Eu fiquei com muito pena dela porque, Deus, essa mulher sofreu de amor por muito tempo.

Já Ethan foi um total idiota durante a faculdade, seus traumas do passado o tornaram uma pessoa muito desconfiada e inconstante, ele não consegue se entregar totalmente. Deixou a Cassie entrar duas vezes, e por duas vezes partiu o coração dela em mil pedaços. Haveria uma terceira chance?

É nessa parte que começa o livro, no futuro, onde eles se reencontram depois de três anos do fim da faculdade para encenar uma peça. A obra é muito interessante porque os capítulos do presente são intercalados com cenas do passado que explicam tudo que está acontecendo. Foi Ethan que “forçou” esse reencontro para tentar viver o amor da sua vida agora que já passou por anos de terapia e consegue, de fato, se envolver.

Ele se inclina para frente. Está muito próximo. Próximo demais. Tem o cheiro que costumava ter, e eu não consigo raciocinar. Quero empurrá-lo para longe para eu poder esfriar a cabeça. Ou bater nele até que ele entenda que não sou realmente feliz há anos, e é tudo culpa dele. Quero fazer tantas coisas, mas tudo o que faço é ficar parada ali, odiando o quanto ele suga minhas forças. (Cassie)

Tenho que admitir que Ethan é o personagem masculino que mais amo atualmente. Gente, pensa em alguém que fez de tudo para ser uma pessoa melhor para a pessoa mais importante da sua vida? Ele vai tentar provar que mudou e que merece uma terceira chance.

A obra é toda narrada pela Cassie, mas temos uma bela visão dos pensamentos de Ethan com partes do diário dele ❤ Gente, é a coisa mais linda da vida. Amor verdadeiro, não tem como não se apaixonar.

Querida Cassandra, às vezes, não é questão de consertar o que está quebrado. Às vezes, é questão de recomeçar e construir algo novo. Algo melhor. (terapeuta de Cassie)

A história é toda muito envolvente, e quente. A única ressalva que faço é que o trauma que faz Ethan ser um idiota no passado, para mim, é bem fraco. Não acho que justifica os atos dele. Mas nada que estrague a graça da obra.

Super, mega, hiper indico! ❤

PS: A Leisa escreveu um livro extra, contando a história da irmã do Ethan com seu amor proibido, chamado Coração Perverso. Ainda não li, mas em breve pretendo. E tem ainda um conto de Natal com um pouco mais de Ethan e Cassie.

Trilha sonora para embalar a leitura

Me espera (Sandy)

♫ Mesmo quando me descuido
Me desloco
Me deslumbro
Perco o foco
Perco o chão
E perco o ar
Me reconheço em teu olhar
Que é o fio pra me guiar
De volta ♫

E se virasse filme

Se essa obra maravilhosa virasse filme, ia adorar esses personagens.

e-se-virasse-filme

NOTA: 5

nota