A garota que você deixou para trás é aquele tipo de livro, onde se cria uma expectativa muito grande ao longo da leitura. A cada página você vai levantando mais perguntas e se entusiasmando conforme as respostas vão surgindo. A autora Jojo Moyes é muito feliz em revelar o que acontece com cada personagem e mesmo tendo uma cronologia que muda a todo o momento, é fácil acompanhar a história.

A narrativa gira em torno de uma obra de arte intitulada “A garota que você deixou para trás”. De forma envolvente ela é dividida em duas partes, a primeira que acontece na França durante a Primeira Guerra Mundial e segunda quase um século depois em Londres.

Pensei na garota que Édouard deixara para trás havia dois anos. Pensei no toque das mãos dele na minha cintura, seus lábios macios no meu pescoço. E fechei os olhos. (Sophie)

O livro começa narrando o amor de Édouard Lefèvre e Sophie, quando se vê obrigado a ir para guerra lutar pelo seu país ele deixa com sua esposa um quadro, onde ele a pintou da forma como a enxergava. Foi através daquela pintura que o amor dos dois permaneceu vivo em tempos de guerra e foi também por aquela pintura que ela chamou a atenção de um comandante alemão, o que tornou sua vida em um inferno na terra.

Saiba, minha querida, que marco cada dia, não do mesmo modo que meus companheiros, grato por ter sido mais um dia sobrevivido, mas agradecendo a Deus pelo fato de cada um significar que seguramente devo estar vinte e quatro horas mais perto de voltar para você. (Édouard)

Quase um século depois o quadro de Sophie vai parar aos cuidados de Liv, uma jovem viúva, que sofre pela perda do amado. Depois de tudo que já tinha perdido Liv se recusa a perder o quadro também, e assim começa uma batalha judicial onde ela passa a conhecer a história de Sophie e começa a se identificar com a garota da pintura. Em meio sua batalha Liv conhece Paul, o responsável por tentar lhe tirar o quadro, em meio ao impasse surge um amor capaz de curar as feridas de seu coração.

O que isso ensina a gente, Sr. Mc Cafferty, é que na vida há coisas muito mais importantes que vencer. (Liv)

Confesso que quando comecei a leitura não imaginava que o romance fosse assumir proporções tão significativas, uma narrativa envolvente e criativa, um amor tão forte que viveu por séculos dentro daquela imagem. Amei toda história, não é o típico romance clichê, mas sim uma história de um amor que envolve sofrimento e sacrifício para dar certo. Se você gosta de romance e uma pitada de drama, esse livro pode ser uma excelente pedida.

Trilha sonoro para embalar a leitura

Amazing (Matt Cardle)

“I had to look inside
This fragile heart of mine
To find exactly what it was you saw”

E se virasse filme

Se essa história envolvente fosse para as telinhas, ia adorar os seguintes atores como protagonistas:

e-se-a-garota-que-voce-deixou-para-tras-virasse-filme

NOTA: 5

nota