Os livros Belo Desastre, Desastre Iminente e Belo Casamento, da autora Jamie McGuire, são uns dos precursores do gênero new adult. Já estava numa sequência quase doida de leitura de romances (tipo muito louca mesmo, praticamente 4 livros por semana haha), tentando parar de ler, quando fiquei apaixonada pela sinopse. É uma história envolvente, que gostei muito porque o amor começou numa linda amizade, foi criado aos poucos, mostrando todas as dificuldades de Abby e Travis, os medos de se envolverem.

Travis Maddox é o típico bad boy, cheio de tatuagem, rodeado de mulheres o tempo todo que paga aluguel e a faculdade participando de lutas clandestinas dentro do campus. Mora com seu primo e melhor amigo, Sherpley. Ele perdeu a mãe quando era criança e foi criado pelo pai com mais 4 irmãos. Aprendeu a lutar dentro de casa, se defendendo deles. Parece uma família ruim, mas são ótimos juntos. Muito amor para os homens Maddox ❤

Sabe por que eu te quero? Eu não sabia que estava perdido até que você me encontrou. Não sabia que estava sozinho até a primeira noite em que passei na minha cama sem você. Você é a única coisa certa na minha vida. Você é o que eu sempre esperei, Beija-Flor. (Travis)

Já Abby Abernathy  é uma jovem com um passado e tanto. Não tem nenhuma ligação afetiva com seus pais e fugiu de casa com sua melhor amiga America (que, por sinal, namora o Sherpley) para recomeçar em um lugar onde ninguém a conhecesse, onde ela pudesse ter uma vida normal (antes que você pense, não é nenhum clichê o motivo dessa fuga, o que me fez gostar ainda mais do livro). Mas uma vida normal é tudo que ela não vai ter.

Os dois são apresentados em uma das lutas do Travis, e ele de cara já sente algo diferente nela: é a única mulher na faculdade que não dá a mínima atenção para o seu charme. A história de desenrola de uma forma muito gostosa e divertida, com os dois passando um mês juntos no apartamento do bad boy por causa de uma aposta perdida pela Abby. É aí que tudo começa.

No momento em que nos conhecemos, algo dentro de nós dois mudou e, o que quer que tenha sido, fez com que precisássemos um do outro. Por motivos que eu não conhecia, eu era a exceção na vida dele, e, por mais que eu tentasse lutar contra os meus sentimentos, ele era a minha. (Abby)

Eu fiquei totalmente apaixonada pelo Travis durante a leitura, o seu amor pela Beija-Flor (apelido que deu para a Abby) é genuíno e muito intenso. Tão intenso que ele não consegue se controlar. O primeiro livro é contado na visão dela, e o segundo na dele. Tenho muito amor por coleções que trazem esse olhar masculino. Já o terceiro, Belo Casamento, relata com detalhes como foi esse momento importante da história do casal (que já aconteceu nos livros anteriores). E, acreditem, não fica nenhum pouco chato com novas informações que levaram Abby a propor essa união.

A única coisa que senti falta nos livros foi aprofundar mais o passado de Abby, para que umas decisões dela fossem melhores justificadas. Dá para entender o que ela passou, mas seria ótimo uns capítulos lembrando o quão difícil foi.

Eu ainda não li, mas a autora escreveu livros sobre os irmãos Maddox.

– Bela Distração
– Bela Redenção
– Belo Sacrifício
– Bela Chama

Trilha sonora para embalar a leitura

Photograph (Ed Sheeran)

♫ Loving can hurt
Loving can hurt sometimes
But it’s the only thing that I know
And when it gets hard
You know it can get hard sometimes
It is the only thing that makes us feel alive ♫

E se virasse filme

Se a coleção fosse para as telinhas, ia adorar os seguintes atores como protagonistas:

e-se-virasse-filme-belo-desastre

NOTA: 4,5

nota-2

* Notas de 1 a 5.